quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Destaques da Champions parte 2

 Nesta quarta teve o complemento da primeira rodada da Liga dos Campeõs.

 

Com golaços e vitórias apertadas, assim termina o primeiro dia da Champions.

No grupo G.

Barcelona sua a camisa para vencer o Spartak Moskow.

O Barcelona, considerado por muitos o maior favorito para vencer a Champions recebeu em casa o Spartak Moskow. Mas o Barcelona não imaginava enfrentar um Spartak valente e disposto a pelo menos pontuar no Camp Nou.

O Barcelona entrou sem 4 jogadores (Puyol, Iniesta, Alba e Sánchez – este último ficou no banco) e logo no começo sentiu a lesão de Piqué que saiu para a entrada de Song.
Os desfalques, no entanto, em nada prejudicaram o clube catalão que, como de costume, impunha seu toque de bola diante de um fechado Spartak Moscou.
E, nesse cenário, o primeiro gol blaugrana não demorou a sair. Aos 14, Tello dominou na ponta esquerda, deu um corte para dentro – deixando o zagueiro Kirill Kombarov no chão – e chutou cruzado sem chances para Dycan, goleiro e capitão do Spartak. Mesmo com o placar contra o Spartak não se arriscou e continou fechado, enquanto isso Messi dava trabalho aos volantes Rômulo e Rafael Carioca, eis que em uma escapada rápida de contra ataque o Spartak achou o seu gol, o time de Moscou empatou aos 29. O atacante nigeriano Emenike cruzou rasteiro da direita, Song furou, e Daniel Alves, tentando evitar que a bola chegasse no brasileiro Ari que vinha por trás, acabou marcando contra o próprio patrimônio. O Barcelona não mudou seu jeito de jogar continuou indo pra cima.

No segundo tempo começou do mesmo jeito que foi o primeiro, Barcelona partindo pra cima e a posse de bola para encontrar o espaço, Mas com jogadores rápidos com Emenike e Ari, o contra ataque era perigoso do time Russo. Eis que em um desses contra ataques, aos 14 minutos, Ari puxou pela esquerda e tocou na entrada da área para Aiden McGeady, que rapidamente rolou para o volante Romulo.Passou fácil por Adriano e bateu na saída de Valdés.

Tito logo mecheu no time, tirou Daniel e colocou Alexis Sanches, a partir disso a alteração deu certo. Aos 26, Messi aproveitando boa jogada de Tello empurrou para as redes e igualou o jogo. aos 34. E novamente com Messi. Após cruzamento de Sánchez, o camisa 10, mesmo no meio dos gigantes russos, conseguiu cabecear para marcar e evitar a primeira grande zebra. Final 3a2 Barcelona.
Messi e Tello (Fonte: Reuters)


Celtic e Benfica ficam no 0a0.

Na Escócia Celtic e Benfica ficaram no 0a0. Celtic com seu velho estilo de jogo em bolas aéreas e o Benfica que queria cadenciar mais o jogo não conseguiram fazer gols. O Benfica recebe em casa o Barcelona, enquanto o Celtic vai a Moscou enfrentar o Spartak.

Próximos jogos: Benfica recebe o Barcelona enquanto o Spartak joga em casa contra o Celtic.

No grupo E Chelsea e Juventus empatam.

No clássico da rodada, atual campeão Chelsea recebia o campeão Italiano a Juventus que não participava da Champions a 2 temporadas.
O Chelsea começou de forma diferente, com Oscar estreando no time titular do Chelsea, o meia se movimentou bastante e fez boas jogadas com Hazard. Aos 31 do primeiro tempo, Hazard tocou para Oscar, que arriscou de longe, a bola tocou em Chiellini e entrou na rede de Buffon, não demorou muito e o Chelsea ampliou, Oscar recebeu e girou bonito pra cima de Pirlo e bateu no Ângulo de Buffon. A Juventus ainda descontou com Vidal em bom chute de perna esquerda aos 38 do primeiro tempo. No segundo tempo o jogo foi aberto, o Chelsea querendo matar logo o jogo enquanto a Juventus tentou empatar a partida, A Juventus cresceu naturalmente em busca do empate, mas percebeu que o perigo que corria era proporcional. Cech pouco precisou fazer até que Mata desperdiçasse a melhor oportunidade do segundo tempo até então. Aos 33, o espanhol e Hazard tabelaram até a conclusão do camisa 10 já na grande área. A bola ficou presa na rede lateral. Aos 35, Mikel errou na saída de bola, Marchisio recebeu o presente e deixou Quagliarella, substituto de Giovinco, livre para empatar. Festa enorme da torcida da Velha Senhora, localizada atrás da baliza de Petr Cech. Era o empate da Juventus que quase virou nos acrécimos com Quagliarela que chutou na trave.
Chute do Oscar.. (Fonte: Uefa.com)


No outro jogo, Shaktar vence Nordsjaeland.

O Shakhtar Donetsk derrotou o estreante Nordsjaelland, por 2 a 0, na Donbass Arena. Recheados de brasileiros no elenco - Willian, Ilsinho, Fernandinho e Luiz Adriano foram titulares -, os ucranianos venceram com gols do armeno Mkhitaryan. Os meias Alex Teixeira e Douglas Costa entraram na etapa final.

Próximos jogos: Juventus recebe o Shaktar em casa, enquanto o Chelsea visita o Nordsjaeland.


Grupo F da Liga, Bayern vence Valência e BATE atropela Lille fora de casa.

O Bayern recebeu o Valência em casa, tentando chegar a outra final de Champions, o time Alemão enfrentou o Valência no qual fez a final de 2001 da Champions onde os bávaros venceram o Valência nos pênaltis. No jogo o Bayern de Munique dominou o jogo, tanto em finalizações como em posse de bola. Aos 37, Ribèry arrancou pela esquerda até a entrada da área e rolou para Robben. Com um toque sutil, o holandês achou Schweinsteiger, que chutou cruzado. A bola ainda desviou, dificultando ainda mais a vida de Diego Alves: 1 a 0. Soldados e Jonas só apareciam em bolas rifadas do auto, com isso não tinha como dar resultado,

No segundo tempo o Bayern não tirou o pé e continuou em cima, mesmo com a saída de Ribery e a entrada de Müller. Com pouco poder ofensivo, o Valencia ameaçou o gol do Bayern pela primeira vez na partida aos 22 minutos do segundo tempo, em chute de Feghoul, o Bayern chegou merecidamente ao seu segundo gol aos 36. De tanto insitir – foram quatro finalizações no jogo -, Toni Kross, enfim, venceu Diego Alves. Badstuber desarmou Feghouli e rolou. Com força e precisão, o meia acertou um belo chute no ângulo, sem chances para o goleiro brasileiro: 2 a 0. Aos 46 o Valência desconta com o Paraguaio Valdes. No minuto seguinte, Robben foi derrubado por Rami na área. Na cobrança de pênalti de Mandžukić, o goleiro Diego Alves coroou sua atuação, defendendo e evitando o terceiro gol alemão.
Schweisteiger comemorando seu gol (Fonte: Reuters)


BATE atropela o Lille na França
No outro jogo do grupo, o BATE surpreendeu e atropelou o Lille fora de casa. Com gols de Volodko, Artem Radkov e Olekhnovich, todos na etapa inicial, o time da Bielorrússia venceu por 3 a 1 e lidera o Grupo F. No segundo tempo, Chedjou descontou para os franceses.

Próximos jogos: Valência e Lile em Valência e o Bate recebe o Bayern de Munique. 

No grupo H Manchester United sofre, mas vence Galatasaray e Cluj vence o Braga.

Um jogo estilo Manchester United, sofrido e com dificuldades, no começo o Manchester United com seus meias tentava encontrar espaços na defesa do Galatasaray que no começo dava muito espaço devido a falta de proteção dos seus volantes, com isso aos 7 minutos, Carrick veio de trás tabelou com Kagawa e chegou na cara do gol, driblou o goleiro e colocou o United em vantagem, dois minutos depois do gol o Galatasaray colocou uma bola na trave com Amraba. O  Galatasaray ia ganhando confiança, buscando maneiras de superar o gigante inglês. Aos 38, em jogada ensaiada, Altintop quase acertou a trave ao aparecer livre na entrada da área após cobrança de falta na ponta direita. Na segunda etapa, o Manchester United teve a chance para liquidar a partida aos seis minutos.Rafael foi derrubado dentro da área. Nani tentou uma paradinha na cobrança, mas viu o uruguaio Muslera defender. A resposta veio cinco minutos depois, com Inan acertando a trave em tentativa de cabeça.  Aos 26, o meia-atacante aproveitou rebote de De Gea, tentou o chute, mas o goleiro fez boa defesa. Para não dizer que o Manchester havia relaxado definitivamente, Chicharito Hernandez, que entrou durante o segundo tempo, teve grande oportunidade para fazer o segundo gol. Nos acréscimos, recebeu cruzamento, tentou um voleio, mas chutou a bola por cima do gol.
Carrick comemorando seu gol. (Fonte: Reuters)


Cluj Surpreende Braga.

Na outra partida do grupo, o Cluj surpreendeu o Braga fora de casa e venceu por 2 a 0. O brasileiro Rafael Bastos, que já teve passagens por clubes como Bahia e Cruzeiro, foi o autor dos dois gols. Por causa do saldo, o time romeno é o líder da chave.
Próximos jogos o Cluj recebe o Manchester United em casa enquanto o Braga vai a Istambul pegar o Galatasaray.





2 comentários:

Victor Leonardo disse...

Gostei do Oscar marcando 2 gols no Chelsea... O Menino mostrou seu potencial.


20 de setembro de 2012 03:47
PontaPé inicial disse...

É verdade Victor , o jogador Oscar é um garoto de um grande potencial.

20 de setembro de 2012 11:07

Postar um comentário