sábado, 1 de setembro de 2012

Com estreias e tropeços, essa é a terceira rodada da Premier League



 A terceira rodada da Premier League começou com a vitória do West Ham, 3-0 contra Fulham, essa é a segunda derrota do time londrino na Premier League, já os Hammers conquista sua segunda vitória no campeonato. Quem chegou e já estreou foi Andy Carroll, emprestado do Liverpool, o atacante não fez  gol, mas fez boa partida, notícia ruim, que ele sofreu uma lesão, e saiu de campo de maca, e deve desfalcar o English team nos jogos contra Moldávia e Ucrânia, pelas Eliminatórias Europeis, do outro lado quem estreou foi Berbatov, ex-United, o atacante entrou na segunda etapa, e não pode fazer nada para mudar o resultado.
O Everton visitou o WBA, e perdeu a primeira, o time de Liverpool teve um excelente começo de temporada, mas o WBA que já tinha tinha ganhando do Liverpool na estreia,  também barrou a boa sequência do Everton.
 Quem também não conseguiu a sequêcia de vitórias, foi o surpreendente Swansea, depois de duas vitórias seguidas, o time esbarrou no Sunderland, ou melhor dizendo, em Fletcher, em sua estreia pelo Sunderland,
o meia marcou os dois gols, e garantiu o empate, esse segundo empate do Sunderland no campeonato, lembrando que o time tem um jogo a menos, a partida contra o Reading foi adiada.
 Já é a terceira rodada, e nada de vitória, esse o Tottenham de Villas-Boas, os Spurs até saíram na frente, com Dembele, mas não conseguiu ampliar, nem segurar o resultado, e o Norwich empatou com Snodgrass. Com o segundo empate seguido por 1-1, os Spurs ficam com dois pontos.
 Depois de perder Van der Vaart, que voltou para o Hamburgo, o Tottenham ganhou do Liverpool, e contratou o americano Clint Dempsey, que deve solucionar o problema do meio de campo da equipe londrina.

  O atual campeão também entrou em campo neste sábado, superior, e com maior posse de bola o City, abriu o placar ainda na primeira etapa com Yaya Toure, o time adiantava marcação e saia em velocidade, fazendo boas jogadas e levando perigo ao gol do Green. 
 Nos primeiros minutos, muito fácil, o City não teve muitas dificuldades para abrir o placar, já finalzinho que o QPR criou algumas jogadas, principalmente pelo crescimento de Granero na partida. Já na segunda etapa,  aos 6 minutos o City colocou a bola na trave, com Zabaleta, após bela jogada de D.Silva, mas o mesmo D.Silva, vacilou, perdeu a bola para Johnson, que chutou, e no rebote, Zamora só teve o trabalho de empurrar para as redes, alegria que durou pouco, Tevez fez boa jogada, e Edin Dzeko coloca os Cintizes a frente novamente. Porém o QPR cresceu no final do jogo, e levava perigo ao City em algumas jogadas, como na cobrança de escanteio que por pouco Nelsen não aproveitou, mas não adiantou as substituições, nem a chances criadas, porque quem marcou foi Tevez, gol esse que coroou a boa partida do argentino e finalizou o placar do jogo no  Etihad Stadium.
 Com a vitória Roberto Mancini chega ao número de 62 vitórias em 100 jogos no comando do City na Premier League.
  • Escalações:
Man.City -01 Hart -04 Kompany-05 Zabaleta(Kolo Touré)-06 Lescott-13 Kolarov-08 Nasri(Razak)-17 Rodwell-21 Silva(Milner)-42-Yaya Toure-10 Dzeko-32 Tevez
Swansea City- 01 Green-05 Ferdinand(Onuoha)-17 Nelsen-19 Bosingwa-20 Fabio-07 Park Ji-sung-11 Wright-Phillips-14 Granero(Cisse)-32 Faurlin(Kieron Dyer)-08 Johnson-25 Zamora.

Hoje o clássico entre Arsenal e Liverpool em Anfield serviu para erguer a cabeça e dar esperança ao torcedor do Arsenal e colocar a desconfiança na cabeça do torcedor red. O Liverpool até que começou bem, também depois de mais de 44 mil torcedores cantando You'll never walk alone, não tinha como, mas apesar da posse de bola e das chances criadas, foi os gunners que abriu o placar, o alemão Podolski marcou o primeiro gol do Arsenal na Premier League. Na segunda etapa, o Arsenal começou melhor, Cazorla fez mais uma boa atuação, e a segurança da defesa não deixou como que o Liverpool levasse grande perigo, e se Cazorla deu passe para o gol de Podolski, foi a vez do espanhol devolver, passe de Podolski, gol de Cazorla, final em Anfield, 2-0. 


O jogo entre Southampton e Manchester United começou movimentado, e já aos 16 minutos os donos da casa saíram na frente, após cruzamento, Lambert abriu o placar de cabeça, mas não demorou muito e Van Persie, que viria a ser o nome do jogo, deixou tudo igual, em cruzamento de Valencia. Se o United não fez uma grande partida na primeira etapa, voltou do intervalo quero a virada e a vitória, mas mesmo criando boas oportunidades com Kagawa e V.Persie, foi Morgan que marcou, colocando novamente o Southampton a frente, e com o gol o time não recuou e sim foi para cima para tentar o terceiro gol, criou boas oportunidade e até obrigou Lidergaad a fazer algumas defesas, mas talvez essa não tenha sido a melhor opção para um time pequeno que ganhava de um dos favoritos a conquista da Premier, e foi no momento que o time da casa jogava bem, que Van Persie sofreu pênalti, seria o empate, mas o atacante holandês tentou cavar, mas Daviz esperto defendeu a cobrança colocando a bola para escanteio, apos perder o pênalti, os ex-Arsenal  poderia se tornar o vilão do jogo, e o United perder a segunda seguida na competição, mas Van Persie procurou o jogo e apareceu para fazer aquilo que se espera dele, gols e garantir a vitória do devils, e começou aos 42, aós rebote ele empatou a partida, ai foi só emoção, e um daqueles típicos jogos ingleses, nos acréscimos, nani cobrou escanteio e Van Persie empurrou para o fundo das redes, 3-2, com viradas e hat-trick.




   


Resultados:


West Brom 2-0 Everton

Swansea 2-2 Sunderland

Wigan 2-2 Stoke

West Ham 3-0 Fulham

Tottenham 1-1 Norwich
Man.City 3-1 QPR
Liverpool 0-2 Arsenal
Newcastle 1-1 Aston Villa
Southampton 2-3 Man.United


Por:Ione Freitas.



CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO INGLÊS

1 comentários:

Beto Bett disse...

Tem interesse em me adicionar como colunista?

2 de setembro de 2012 16:08

Postar um comentário